Agenda
PT | EN

Cantado em coro por grupos de homens e de mulheres, o Cante Alentejano é uma manifestação popular caraterística dos vários concelhos do distrito de Beja, no Baixo Alentejo. Classificado pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade, os seus coros desprendem uma arrepiante força telúrica.

O projeto intitulado Cantexto funde as palavras Cante e texto, ao propor colaborações entre grupos corais de cante alentejano e escritores contemporâneos portugueses. Anualmente, o Futurama encomenda a escrita de novos poemas para serem musicados e cantados por grupos corais de cante alentejano, através de diferentes vozes femininas, masculinas, mistas, adultas e jovens, numa representação da diversidade de composições e de géneros dos grupos do Baixo Alentejo.

Entre visitas, escritas, ensaios e novas composições musicais, o Cantexto cria novas palavras, léxicos contemporâneos que serão apresentados ao público, através de uma temporada de concertos que reúne os oito grupos corais, durante o Futurama Festival. O Futurama assegura também a difusão nacional e internacional deste projeto, que todos os anos convida novos escritores e escritoras a cruzarem-se com diversos grupos corais.

Gonçalo M. Tavares e o Grupo Coral da Academia Sénior de Serpa

Gonçalo M. Tavares é um dos mais consagrados e premiados autores portugueses, com obra desdobrada em vários géneros literários e traduzida em várias línguas. Escreve um poema para a interpretação do Grupo Coral da Academia Sénior de Serpa.

Matilde Campilho e o Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa

Matilde Campilho é uma das escritoras mais notórias da geração contemporânea. A poeta lisboeta escreve um poema para a interpretação do Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa. 

José Luís Peixoto e Os Caldeireiros de São João

José Luís Peixoto é um dos mais destacados escritores da literatura portuguesa contemporânea, vencedor do Prémio Literário José Saramago. Escreve um poema para o grupo coral Os Caldeireiros de São João (Mértola).

Hélia Correia e o Grupo Coral Guadiana de Mértola

Hélia Correia é uma das escritoras portuguesas mais importantes e originais, vencedora do Prémio Camões. Escreve agora um poema para o Grupo Coral Guadiana de Mértola.

Tiago Rodrigues e Os Ganhões de Castro Verde

O grupo de cante alentejano Os Ganhões de Castro Verde interpreta um poema de Tiago Rodrigues, umas das figuras mais proeminentes do panorama nacional e internacional do teatro.

Djaimilia Pereira e As Ceifeiras de Entradas

Djaimilia Pereira nasceu em Luanda e vive em Lisboa. É uma escritora premiada e traduzida em várias línguas. Escreve um poema para a interpretação do grupo coral feminino Ceifeiras de Entradas (Castro Verde).

Valério Romão e Os Cantadores do Desassossego

Com uma escrita crua, irónica e visceral, Valério Romão é um dos autores mais importantes da nova geração de escritores portugueses. Escreve um poema para o grupo coral Cantadores do Desassossego, de Beja.

Patrícia Portela e os Moços da Aldeia

Autora de performances e obras literárias, Patrícia Portela é reconhecida nacional e internacionalmente pela peculiaridade da sua obra. Escreve um poema para o grupo de cante alentejano Moços da Aldeia, de Cabeça Gorda (Beja).

Fica a par das nossas novidades

Subscreve a nossa newsletter